Museu Judaico em Alfama, sim, mas não assim

"não só o projecto tornado público é de tal forma intrusivo e "marca de autor" que, a ser feito tal qual está, constituirá o começo do fim daquilo que hoje conhecemos como Largo de São Miguel, o coração de Alfama (embora não tenha sido exactamente ali o centro da Lisboa judia), como, imagine-se, não houve escrutínio algum, não tendo a população sido ouvida."

Um artigo de opinião de Paulo Ferrero, fundador do Fórum cidadania Lx, no Diário de Notícias de 17/02/2017.

© 2016 GECoRPA. Todos os direitos reservados. Designed with Helix3. Produzido por: FLM